Dólar
R$ 5,54
-0.077%
Euro
R$ 6,04
-0.084%
Peso argentino
R$ 0,01
+0.711%
Bitcoin
R$ 374,694,26
-0.112%
Bovespa
127,652,06 pontos
-1.39%
Masculino Maranhão Cup

Maranhão Cup termina com título invicto do Brasil e goleada de Marrocos

Após o empate dos Emirados Árabes, o Brasil intensificou a pressão no ataque, diante de um adversário que tentava levar perigo nos contragolpes.

14/01/2024 às 09h49
Por: Roberta Oliveira Fonte: CBSB.COM.BR
Compartilhe:
Maranhão Cup termina com título invicto do Brasil e goleada de Marrocos

A última rodada da primeira edição do Maranhão Cup International, competição de beach soccer que reúne as seleções principais do Brasil, Emirados Árabes, Marrocos e Estados Unidos em São Luís, foi disputada na manhã deste domingo (14), com duas partidas que tiveram muitos gols e emoção de sobra para o público que lotou a Arena Domingos Leal, na Lagoa da Jansen. Na partida preliminar, Marrocos bateu os Estados Unidos por 4 a 1 e garantiu o vice-campeonato, enquanto o Brasil venceu os Emirados Árabes por 3 a 1 no jogo principal e sagrou-se campeão do torneio internacional com 100% de aproveitamento, fazendo a festa da torcida maranhense.

Ainda com chances de título no Maranhão Cup, os Estados Unidos tomaram a iniciativa diante de Marrocos, mas a seleção africana foi mais eficiente e abriu o placar com o goleiro Abada Yassir. A seleção norte-americana reagiu rápido e deixou tudo igual em cobrança de pênalti de Gabe Silveira, porém, Reda Zahraoui recolocou os marroquinos em vantagem na segunda etapa.

No terceiro tempo, Marrocos dominou as ações ofensivas, enquanto os Estados Unidos encontravam dificuldades para trabalhar a bola diante da marcação adversária. Com uma boa atuação, os marroquinos confirmaram a vitória: Zouhair Jabbary fez o terceiro gol, e Mohamed Lazrak fechou o placar em 4 a 1.

Em seguida, Brasil e Emirados Árabes fizeram o tão aguardado duelo de encerramento do Maranhão Cup. Empurrado pela torcida na Arena Domingos Leal, a Seleção Brasileira abriu o placar com uma bela bicicleta de Rodrigo e fechou o placar do primeiro tempo em 1 a 0. Já no início da segunda etapa, os Emirados Árabes empataram o confronto após uma bela jogada ensaiada, que terminou na finalização precisa de Abdulla Abbas.

Após o empate dos Emirados Árabes, o Brasil intensificou a pressão no ataque, diante de um adversário que tentava levar perigo nos contragolpes. A insistência da Seleção Brasileira foi premiada já na reta final do terceiro quarto: após cobrança de escanteio de Datinha, Rodrigo deu um leve desvio na bola e marcou o segundo gol. Com os Emirados Árabes utilizando o goleiro-linha nos segundos finais, o Brasil se segurou, aproveitou um erro adversário e anotou mais um gol com Edson Hulk, confirmando a vitória por 3 a 1 e o título do Maranhão Cup na Arena Domingos Leal.

Capitão e camisa 10 da Seleção Brasileira, o ala Datinha comemorou a conquista do Maranhão Cup e a oportunidade de defender o país em uma competição em São Luís. “Estou muito feliz por estar representando a Seleção Brasileira em uma competição importante na capital do meu estado, é uma sensação única. Foi uma boa preparação para a Copa, e espero estar representando o Maranhão entre os 12 convocados. Enfrentamos seleções difíceis, mas deu tudo certo e cumprimos o nosso objetivo”, celebra Datinha.

“Foi muito bom disputar uma competição de alto nível entre seleções aqui no Maranhão, faltava uma competição dessas e ela veio no melhor momento, como preparação para a Copa. Acredito que vamos tirar muitas lições daqui e chegar preparados na Copa. Todo mundo quer ganhar do Brasil, não tem jogo fácil, mas tivemos a cabeça no lugar e aceleramos no momento certo para conquistar a vitória sobre os Emirados Árabes e ficar com o título”, afirma o goleiro maranhense Bobô.

O Brasil sagrou-se campeão do Maranhão Cup vencendo as três partidas que conquistou e somando nove pontos, seis a mais que Estados Unidos, Marrocos e Emirados Árabes. Levando em consideração os critérios de desempate, Marrocos ficou com o vice-campeonato, e os Emirados Árabes garantiram o terceiro lugar.

Logo após a vitória do Brasil, houve uma cerimônia de premiação das seleções participantes do Maranhão Cup, que contou com a presença do ministro dos Esportes, André Fufuca, do empresário Fernando Sarney, e do gerente de beach soccer da CBF e presidente da Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS), Eurico Pacífico.

“O Maranhão hoje é um celeiro de craques, no que diz respeito tanto ao beach soccer masculino quanto ao feminino, e nós devemos incentivar a modalidade, não só com discurso, mas com ações. Pudemos trazer esse evento internacional para o estado do Maranhão, em parceria com a Sedel, a CBF e a CBSB, e temos outros projetos para competições estaduais e internacionais”, destacou o ministro André Fufuca.

Vale destacar que o Maranhão International Cup contou com os apoios do Ministério do Esporte, da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), da Confederação de Beach Soccer do Brasil (CBSB), da Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS) e do Governo do Maranhão por meio da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel).

Sobre o Maranhão Cup

O Maranhão Cup teve uma importância significativa para Brasil, Emirados Árabes e Estados Unidos, que estão na fase final de preparação para a Copa do Mundo de Beach Soccer da Fifa 2024, que ocorre entre os dias 15 e 25 de fevereiro, em Dubai. Em São Luís, as seleções participantes do torneio internacional se enfrentaram em turno único, totalizando três rodadas.

TABELA DE JOGOS DO MARANHÃO CUP

#Rodada 1
12/1 – Marrocos 5 x 7 Emirados Árabes (19h)
12/1 – Estados Unidos 3 x 6 Brasil (20h30) (Gols Brasil: Edson Hulk 3x, Rodrigo, Catarino e Filipe Silva)

#Rodada 2
13/1 – Emirados Árabes 1 x 3 Estados Unidos (19h)
13/1 – Brasil 7 x 4 Marrocos (20h30) (Gols Brasil: Rodrigo 2x, Datinha, Zé Lucas, Brendo, Edson Hulk, Bruno Xavier)

#Rodada 3
14/1 – Estados Unidos 1 x 4 Marrocos (8h30)
14/1 – Brasil 3 x 1 Emirados Árabes (10h) (Gols Brasil: Rodrigo 2x e Edson Hulk)