Dólar
R$ 5,54
-0.077%
Euro
R$ 6,04
-0.084%
Peso argentino
R$ 0,01
+0.711%
Bitcoin
R$ 376,628,03
+0.404%
Bovespa
127,652,06 pontos
-1.39%
Seleções Liga Evolución

Seleção de beach soccer estreia camisa com 6 estrelas

Após a conquista do 1º hexa do futebol brasileiro, inédita versão da amarelinha entra em campo na final da Conmebol Liga Evolución

27/04/2024 às 11h17 Atualizada em 29/04/2024 às 11h42
Por: Roberta Oliveira Fonte: CBSB.COM.BR
Compartilhe:
Seleção de beach soccer estreia camisa com 6 estrelas

A seleção brasileira masculina de beach soccer será a primeira a vestir a camisa mais vitoriosa do futebol mundial com 6 estrelas no peito. A tão sonhada conquista do 1º hexacampeonato mundial FIFA do futebol brasileiro veio na Copa do Mundo de Dubai, em fevereiro, após a goleada por 6 a 4 sobre a Itália na grande final. Neste final de semana, os nossos craques entram em campo pela 1ª vez após o título inédito, para encarar o Paraguai na final da Conmebol Liga Evolución 2023, que não pode ser realizada ano passado por falta de calendário, e será definida somente agora, nas areias da Arena Domingos Leal, em São Luís, no Maranhão.

O melhor jogador do mundo, Rodrigo, aprovou a nova armadura. Ele chamou a atenção de todos na entrevista após a final da Copa do Mundo, onde fez uma brincadeira com o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, falando que a instituição teria que achar uma maneira de encaixar a sexta estrela.

“Foi uma brincadeira num momento de extrema felicidade. Até falei com ele depois, quando estávamos no pódio. Ficou linda a camisa com as nossas seis estrelas no peito. Foi uma conquista maravilhosa para todos nós e agora teremos a honra de sermos os primeiros a vestir o manto como hexacampeões. Tomara que traga ótimas energias para as seleções de futsal e do campo em seus próximos mundiais”, disse o camisa 9, que marcou três vezes na decisão do mundial e foi eleito o melhor em campo.

Quem também se encantou com a nova versão da camisa foi o goleiro Bobô, eleito o melhor da posição na Copa do Mundo de Dubai.

“Como sonhamos com esse momento. Poder vestir a primeira camisa do futebol brasileiro com seis estrelas no peito é uma honra, um privilégio. Isso só me deixa ainda mais motivado para seguir treinando duro diariamente para estar sempre ponto para servir ao meu país. Que possamos fazer mais uma grande final agora diante do Paraguai para trazer mais uma taça para o Brasil”, disse o maranhense.

Brasil luta pelo pentacampeonato do torneio sul-americano

A Liga Evolución foi criada pela Conmebol em 2017 para fomentar o desenvolvimento do beach soccer na América do Sul. No torneio, as seleções principal e sub-20 viajam juntas e duelam contra os mesmos países, sempre em rodadas duplas. Dez países são separados em dois grupos de cinco, o Zona Sul e o Zona Norte. O país que somar mais pontos após os duelos das seleções principais e sub-20 é declarado o campeão da chave e garante vaga na final. Na edição de 2023, o Paraguai venceu o grupo Zona Sul e o Brasil o Zona Norte.

Até o momento, já foram realizadas 4 edições: 2017, 2018, 2019 e 2022 (2020 e 2021 não houve por conta da  pandemia). Portanto, esta é a 5ª edição.

O Brasil foi campeão das quatro edições já realizadas, sendo que na última, disputada na Argentina, também contra o Paraguai, os dois países foram declarados campeões pela Conmebol após um vendaval impedir a realização do 4º e último jogo. Como o duelo tinha duas vitórias para o Brasil e uma para o Paraguai, a quarta partida poderia provocar um empate em pontos. Com isso, a Conmebol entendeu que o mais justo seria dividir o título.

Convocações mantém a base campeã

Em ambas as convocações, a prioridade foi chamar os atletas que vestiram a camisa da seleção nas últimas disputas. Pela principal, os 10 selecionados por Marco Octavio estiveram em Dubai e levantaram o troféu da Copa do Mundo. Já na sub-20, Juninho manteve a base da equipe que esteve na disputa do grupo Zona Norte da competição e garantiu o Brasil na final, com apenas duas alterações.

“Vamos buscar mais um título para o nosso país. A Copa do Mundo foi histórica, um passo muito grande para a evolução da modalidade, para entrarmos em um novo momento de profissionalismo e estrutura para as nossas seleções, competições mais fortalecidas. Mas agora o foco é a Liga Evolución e em darmos o nosso máximo em campo como sempre para levarmos o título pra nossa casa”, avaliou Marco Octavio.

“Será importante para os meninos da nossa seleção sub-20 terem esse contato com as nossas estrelas da seleção principal. Essa troca é muito importante para o desenvolvimento deles. Mas na hora que a bola rolar, será com eles. Então estamos treinando nessa semana para deixá-los bem entrosados e fortalecidos mentalmente para enfrentar a forte seleção paraguaia”, disse.

Confira as listas:

Seleção Principal

Goleiros
Bobô (Sampaio Corrêa-MA)
Teleco (Vasco da Gama-RJ)

Fixos
Brendo (Anchieta-ES)
Bruno Xavier (Anchieta-ES)
Catarino (Catania-ITA)

Alas
Datinha (Sampaio Corrêa-MA)
Mauricinho (Kristall-RUS)

Pivôs
Alisson (ABC/Galinhos-RN)
Edson Hulk (Sampaio Corrêa-MA)
Rodrigo (Flamengo-RJ)

Seleção Sub-20

Goleiros
Joao Cláudio (Botafogo-RJ)
Luan Victor (R&R Porto de Pedras-AL)

Fixos
Carlos (Botafogo-RJ)
Yuri (Vasco da Gama-RJ)

Alas
Breno Xavier (Anchieta-ES)
Marceone (Sampaio Corrêa-MA)
Nino (Sampaio Corrêa-MA)
Sikinha (Sampaio Corrêa-MA)

Pivôs
Guilherme (Flamengo-RJ)
João Victor (Botafogo-RJ)

Tabela da competição e por onde assistir ao Brasil

Final da Conmebol Liga Evolución 2023
Arena Domingos Leal
São Luís – Maranhão

Sábado, 27/4
– 16h30 – Sub-20 – Paraguai x Brasil
– 18h30 – Principal – Paraguai x Brasil

Domingo, 28/4
– 16h – Sub-20 – Brasil x Paraguai
– 18h – Principal – Brasil x Paraguai